Menu fechado

4 dicas para conseguir recolocação no mercado de trabalho!

4 Dicas básicas para ter sucesso na recolocação no mercado de trabalho, confira !

Ser demitido é o temor de muitos profissionais, mas é um momento bastante comum, independentemente do cargo ocupado e do segmento da empresa.

O fato é que precisamos estar sempre preparados para buscar uma recolocação no mercado de trabalho. Estar atento às vagas com o seu perfil e manter o seu networking ativo são ações, inclusive, que devem ser sempre colocadas em prática. Afinal, nunca se sabe quando uma boa oportunidade vai aparecer ou quando você vai precisar de um novo emprego.

Apesar da dificuldade do momento, é preciso manter a cabeça no lugar e buscar alternativas para voltar ao mercado o mais rápido possível. Um bom primeiro passo é conferir as nossas dicas a seguir!

1. Atualize o seu currículo

Depois de passar algum tempo na mesma empresa, certamente, o seu currículo estará desatualizado. Portanto, dê uma boa olhada no documento e acrescente as novas experiências que teve no último emprego, os principais clientes e funções, os cursos que fez etc.

Se não há nada a acrescentar sobre especializações, está aí uma boa hora para ir atrás de novos conhecimentos. Hoje em dia, existem muitos cursos na internet com preços baixos ou mesmo gratuitos.

Homem fazendo recolocação no mercado de trabalho

2. Reflita sobre a carreira ideal

Currículo em mãos, pronto para enviar às empresas que deseja, é hora de pensar se o caminho que você está traçando é mesmo o que pretende.

Isso porque, muitas vezes, quando estamos estabilizados em um emprego, podemos nos acomodar naquela função, sem considerar se é aquele trabalho que realmente queremos.

Uma demissão pode ser, na verdade, uma chance de recomeçar a sua carreira. Pense nisso!

3. Considere empregos temporários

Nos últimos anos, o mercado de trabalho tem mudado bastante — e não são apenas os empregos —, com contratações formalizadas na Carteira de Trabalho que trazem boas oportunidades.

Certamente, o regime CLT traz muitos benefícios e alguma segurança ao trabalhador, mas existem ótimas opções de empregos temporários que pagam bem e que podem trazer uma experiência que vai fazer a diferença quando você encontrar a vaga de emprego dos seus sonhos.

Por isso, não recuse, logo de primeira, uma oportunidade de trabalhar apenas porque o emprego é temporário. Se as condições de trabalho forem justas e legais, e você perceber uma boa oportunidade de ganhar dinheiro e aprender, vá em frente!

Lembre-se também de que muitas vagas temporárias acabam se tornando definitivas, seja pela demanda do mercado ou pelo bom desempenho do funcionário.

4. Não minta na entrevista

Você conseguiu uma entrevista, parabéns! Certamente está mais próximo da recolocação no mercado de trabalho, e já sabe o quanto esse momento é crucial e que algumas atitudes podem contar pontos a seu favor, como não chegar atrasado, manter uma postura profissional e sem falar gírias etc.

No entanto, existe um fator que pode até parecer uma boa ideia em um primeiro momento, mas que é um erro grave: mentir ou omitir, fingindo que você sabe desempenhar alguma função apenas para conseguir a vaga.

Se a função pede inglês básico e você afirma que conhece a língua, mesmo sem saber, a sua mentira será descoberta em um teste prático ou, pior, já desempenhando a sua função cara a cara com um cliente que não fala português. Não precisamos dizer o quanto isso vai ser negativo para a sua imagem, certo?

A busca pela recolocação no mercado de trabalho pode demorar mais do que você pretendia, mas é fundamental ter paciência, aproveitar o tempo para se especializar, ter a mente aberta a diferentes oportunidades e saber esperar pela vaga que realmente quer. Afinal, aceitar um emprego por desespero pode trazer insatisfação já no primeiro mês, o que não é bom para você nem para a empresa contratante.

Esperamos tê-lo ajudado com este artigo! Para conferir mais textos como este, siga as nossas redes sociais. Estamos no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×