Menu fechado

O que é Planejamento Previdenciário?

Planejamento previdenciário: o que é e por que fazer quanto antes?

Banner casal vendo planejamento previdenciário

Você sabe o que é planejamento previdenciário e qual é a sua importância? Se você ainda não o conhece, o ideal é buscar se aprofundar no tema, uma vez que realizá-lo quanto antes traz diversas vantagens.

Ele é importante porque permite que o contribuinte organize a sua vida contributiva de maneira preventiva — o que evita prejuízos financeiros, recolhimentos equivocados etc.

Para ajudá-lo a entender sobre o assunto, preparamos este post com todos os detalhes sobre o planejamento previdenciário. Continue a leitura e confira!

O que é e para que serve um bom planejamento previdenciário?

O planejamento previdenciário consiste na realização de um estudo sobre a idade, as contribuições realizadas e o tempo de serviço que o trabalhador conta com os diversos regimes de previdência, uma vez que o processo de aposentadoria exige o cumprimento de uma série de requisitos.

Para tanto, é preciso realizar análises sobre as atividades que o trabalhador desenvolveu durante a sua carreira, os seus salários de contribuição e, inclusive, a legislação que se aplica ao seu caso específico, a fim de fazer projeções sobre benefícios previdenciários.

Dessa maneira, um bom planejamento previdenciário consiste em analisar as possibilidades de aposentadoria que o aposentado tem, para encontrar o melhor e mais vantajoso benefício no menor tempo possível.

Quais são as vantagens de fazer o planejamento previdenciário?

Agora que você já sabe o que é o planejamento previdenciário, vamos apresentar, a seguir, quais são as suas principais vantagens, para que você entenda por que é importante realizá-lo quanto antes!

Receber o melhor benefício

Muitos trabalhadores contribuem durante toda a vida para garantirem o seu direito à aposentadoria. No entanto, quando esse momento chega, eles não conseguem se aposentar recebendo o benefício mais favorável por meio do INSS.

Por meio do planejamento previdenciário, essa situação é evitada, pois cada caso é analisado com atenção, bem como a documentação e os dados são vistos com precisão para que seja possível descobrir qual é o benefício que melhor se encaixa em cada caso específico.

Estimar a data e o valor da aposentadoria

Como é feita uma análise minuciosa de todos os documentos do segurado durante o planejamento previdenciário, além de descobrir qual é o benefício mais adequado para a sua situação, é possível estimar, ainda, a provável data de sua aposentadoria e seu valor. Com base nessa estimativa, o beneficiário pode realizar planejamentos para o futuro.

Evitar contribuições desnecessárias

Realizar o planejamento previdenciário evita contribuições desnecessárias e, consequentemente, investimentos perdidos. Afinal, situações como contribuições abaixo do mínimo exigido não são consideradas no cálculo do benefício de aposentadoria, assim como os recolhimentos com código errado e outras inconsistências que podem prejudicar ou atrasar a concessão da aposentadoria.

Melhorar a organização financeira

Por fim, o planejamento previdenciário contribui, ainda, para melhorar a organização financeira, pois, ao contrário do que muitas pessoas pensam, muitas vezes, contribuições maiores não garantem benefícios melhores, mas sim representam gastos desnecessários.

Muitas pessoas imaginam que é necessário contribuir com o teto da previdência durante toda a vida como trabalhador para garantir o maior valor de benefício, o que não é verdade, pois o cálculo da aposentadoria é feito por meio de uma média que considera 80% das maiores contribuições. Assim, o planejamento previdenciário consegue realizar o cálculo da média, a fim de descobrir o valor adequado para a contribuição — fator que é capaz de melhorar significativamente a organização financeira do segurado.

Agora que você já sabe do que se trata o planejamento previdenciário e conhece, inclusive, os seus principais benefícios, deve ter percebido que é fundamental guardar todos os documentos previdenciários e, especialmente, contar com suporte profissional para realizá-lo, não é mesmo? Afinal, apenas um profissional com conhecimento aprofundado acerca da legislação previdenciária é capaz de realizar uma análise eficaz.

O que você achou deste post? Nossas dicas foram úteis? Deixe um comentário e nos conte a sua opinião sobre o planejamento previdenciário!

Esperamos tê-lo ajudado com este artigo! Para conferir mais textos como este, siga as nossas redes sociais. Estamos no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×